Tipos de Camomila

Neste artigo vamos falar um pouco sobre os tipos de camomila. Em primeiro lugar, essa é uma erva florida, doce e perfumada, originária da Europa, Ásia e Índia. Tornou-se bastante popular nos EUA, onde é geralmente encontrada a crescer de forma selvagem em vez de ser cultivada comercialmente. Existem muitos tipos diferentes de camomila e são realmente as flores minúsculas que são usadas para fazer chá ou terapia de infusão de camomila.

Quais os Tipos de Camomila Existentes?

Os dois tipos de camomila mais utilizados são a camomila alemã (Matricaria Comune), também conhecida como camomila comum, e a camomila romana (Chamaemelum nobile).  Portanto, ambos pertencem à família Asteracea e florescem de maio a setembro. A camomila romana é uma espécie perene, resistente e de baixo crescimento.

Propriedades Saudáveis

A camomila tem benefícios de saúde de longa data e é conhecida como uma erva espiritual, além de ser muito usada em aromaterapia. Os saxões usaram-na e os pagãos acreditam que tem poderes mágicos. É rica, principalmente,  em vitamina A, B1, B2, B5, J, betacaroteno, flavonóides e colina. Também contém minerais como potássio, manganês, magnésio, cálcio, sódio, ferro, zinco e flúor. Usada principalmente como agente sedativo e calmante, e embora promova um bom sono noturno, tem muitas outras qualidades benéficas.

As flores de camomila cheiram bem e o óleo essencial tem um aroma muito agradável, adicionando aproximadamente dez gotas a um queimador ou a um banho quente, irá acalmar e relaxar o corpo e a mente.

Benefícios

A camomila é conhecida por aliviar a indigestão ácida, cólicas, diarreia, dores de cabeça, náuseas e também por ser um remédio eficaz para TPM. Da mesma forma, pode ser usado com segurança para tratar crianças que sofrem de dores de dentição ou para beber a bebês com cólicas. A camomila pode ser transformada numa compressa quente e aplicada topicamente para aliviar lesões oculares e conjuntivite, queimaduras e escaldaduras. Saiba como fazer cremes naturais em casa.

Outras Utilizações e Precauções

Frequentemente a camomila também é usada em cosméticos naturais e para cozinhar. Tanto a alemã como a romana podem ser usadas e consumidas sem qualquer precaução especial, no entanto, mantenha-se afastada de uma espécie chamada camomila Dyers, pois pode ter efeitos secundários perigosos se ingerida e criar reações alérgicas. Este tipo de camomila tem origem na ilha grega de Chios e é um ingrediente encontrado em xampus de destaque. Para o reconhecer, deve olhar para as pétalas, depois de florescerem elas ficarão viradas para baixo, se em caso de dúvida é melhor evitar.

Home

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *